Semifinal da Liga Paulista de Futsal: Matéria do jogo Corinthians e AABB

Semifinal da Liga Paulista de Futsal: Matéria do jogo Corinthians e AABB

Like
409
0
sábado, 09 setembro 2017
Liga Paulista

Pelo segundo jogo da semifinal da Liga Paulista de Futsal, no Ginásio Vlamir Marques, o Corinthians recebeu a AABB. No primeiro confronto, a AABB venceu em casa por 2 a 1 e tinha a vantagem  do empate no tempo normal para conquistar a classificação para a grande final. Por outro lado, o Corinthians precisava vencer no tempo normal para forçar a prorrogação e inverter a condição da vantagem do empate.

O Corinthians iniciou o jogo com o time de sempre: O técnico Bié mandou para quadra o goleiro Guitta, os fixos Leandro Caires e Nenê, o ala Alex e o pivô Vander Carioca.  Já a equipe de Santo Amaro, a AABB do técnico Cazú entrou em quadra com o veteraníssimo goleiro Bagé, os fixos Bigão e Cris, o ala Henrique e o pivô Thiago Gouvêa. A arbitragem do jogo foi de Henrique Ângelo da Silva, com o Emerson Fernandes Rorato na assistência, Ricardo Rodrigues Moreira na cronometragem e a Marina de Oliveira Navas Peixoto na anotação.

 

Primeiro tempo

Pela necessidade da vitória no tempo normal, a equipe do Corinthians partiu para cima da AABB no princípio do jogo. Com mais posse de bola, o Corinthians chegava em algumas oportunidades. Na defesa, o time permitiu alguns lances perigosos e a AABB perdeu algumas oportunidades mais claras de gol. A equipe da região de Santo Amaro precisando sustentar um empate entrou com a estratégia para jogar nos contra-ataques e nos erros do Corinthians, sobretudo na defesa. Guitta teve que entrar em ação por algumas oportunidades, para garantir que o Corinthians não sofresse o revés de tomar um gol.

Quando houve  o pedido de tempo, a parada, faltando 4:06 para finalizar o primeiro tempo, ninguém no ginásio imaginaria o que ia acontecer logo à seguir. Após o pedido de tempo, o Corinthians tinha a posse de bola numa cobrança de lateral próximo da área da AABB. O lance foi rápido demais! Em um segundo, Leandro Caires cobrou bola ao chão a lateral e Vander Carioca chutou de primeira para marcar o primeiro gol do Corinthians. Isso faltando 04:05 para terminar o primeiro tempo.

Não demorou e o Corinthians marcou o segundo gol, exatamente 13 segundos depois, nas infelicidades do ala Henrique e do goleiro Bagé da AABB. Alex apertou a saída e foi em cima de Henrique que recuou para o Bagé. No entanto, o veterano goleiro foi tentar dominar com o pé, mas a bola passou por ele e morreu dentro do gol. Segundo gol do Corinthians aos 3:52 para terminar o primeiro tempo.

Time da AABB na Liga Paulista de Futsal. Foto: Paulo Arnaldo / Rádio Poliesportiva.

 

Segundo tempo

O técnico Cazú promoveu algumas modificações para o segundo tempo para dar uma revigorada na equipe. Principalmente com as entradas do ala/fixo Ângelo e o ala Betinho, fez a equipe ganhar outra dinâmica. Por alguns momentos, o pivô Thiago Gouvêa se transformou no goleiro/linha. E o goleiro Lucas assumiu a posição no gol, quando o time se defendia, no lugar de Bagé. A AABB imprimiu um ritmo forte, até que quase na metade da segunda etapa, chegou ao primeiro gol, através de bela jogada de Betinho e finalização de Bigão. A situação deixava a AABB a um gol da classificação, caso conseguisse empatar.

Porém, o Corinthians com a força do seu elenco, foi atrás do objetivo de aumentar a vantagem e garantir a vitória no tempo normal. A jogada do terceiro gol foi uma ótima tabela entre Alex e Leandro Caires. Alex finalizou da ala esquerda em gol, numa extrema categoria em chute certeiro de canhota. A AABB se desmanchou e o Corinthians deslanchou no jogo. Alex estava demais e foi o responsável pela jogada do quarto gol, mas dessa vez, com a finalização de Genaro. E essa dupla atuou novamente no quinto jogo do Corinthians, só que numa situação inversa, Genaro serviu Alex que marcou o gol, o segundo dele na partida. O Corinthians cumpriu bem a missão com a goleada por 5 a 1 no tempo normal.

 

Prorrogação

O clima estava amplamente favorável ao Corinthians que só precisava de um empate nos dois tempos de cinco minutos para garantir a vaga na grande final. A AABB, embora tenha feito uma grande partida e a goleada não representava tão fielmente o que foi o equilíbrio em boa parte do jogo, dava sinais de abatimento. O Corinthians estava inteiro e a AABB não tinha mais aquele ímpeto do tempo normal. O placar na prorrogação zerou para os dois lados e os dois lados estavam diante de um novo jogo . Douglas Nunes que já entrou bem no segundo tempo, ainda no primeiro tempo da prorrogação resolveu a partida para o Corinthians em jogada individual. Ele disparou pelo lado direito e chutou com precisão ao gol, para o delírio de muitos presentes no Ginásio Vlamir Marques.

Com a necessidade de marcar dois gols, a AABB foi bem neutralizada na marcação e praticamente não ameaçou o Corinthians no restante da prorrogação. Com as vitórias por 5 a 1 no tempo normal e 1 a 0  na prorrogação, o Corinthians garantiu o passaporte para a final e enfrentará o Magnus Futsal que se classificou, após eliminar a equipe de Barueri.

 

 

A força da torcida do Corinthians no Ginásio Vlamir Marques durante o jogo. Foto: Paulo Arnaldo / Rádio Poliesportiva.

 

Entrevistas após a partida

O nosso repórter Rogério Costa conversou com os protagonistas desse duelo de semifinal. Acompanhe as entrevistas, logo abaixo:

Reportagens: Rogério Costa
Edição: Gabriel Manzini

 

Foto de capa: Paulo Arnaldo / Rádio Poliesportiva.

 

Redator da matéria: Paulo Arnaldo, de São Paulo.

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

347 posts | 2 comments