Santos, Vasco e Corinthians perdem. Cruzeiro e Palmeiras vencem na semana dos brasileiros na Libertadores.

Santos, Vasco e Corinthians perdem. Cruzeiro e Palmeiras vencem na semana dos brasileiros na Libertadores.

Like
140
0
sábado, 05 maio 2018
Copa Libertadores

Por: Bruno Mattos, de São Paulo

 

Os altos e baixos dos times brasileiros na Libertadores da América nessa semana. Santos e Palmeiras garantiram a classificação. E o Vasco está eliminado dessa edição da Libertadores. Confira abaixo, os detalhes de cada confronto dessa semana.

 

Grêmio 5 x 0 Cerro Portenho

O Grêmio fez um jogo de muita inteligência, inspiração e muita intensidade. Na etapa inicial, o tricolor gaúcho se impôs desde o início e chegou ao 2 a 0 com muita segurança e sem sofrer riscos. O atacante Everton, após receber passe de Jael e o volante Ramiro de cabeça colocaram os donos da casa na frente.

Na etapa complementar, o Grêmio manteve o forte ritmo jogando com seriedade e disposto a definir o jogo. E o tricolor fez o terceiro com Jael, aos 4 minutos. Everton fez o quarto do Grêmio, o segundo dele no jogo e o meia Cícero fechou a goleada da grande exibição do time brasileiro, que chega a 8 pontos e fica próximo das oitavas de final.

 

Com grande atuação, Grêmio goleira o Cerro Portenho e se aproxima das oitavas de final.
Foto: Conmebol Libertadores/Facebook

 

 

Nacional – URU 1 x 0 Santos

Precisando da vitória para manter as chances de classificação, os donos da casa  entraram com uma postura ofensiva na etapa inicial. O Rey de Copas adiantou o seu meio campo e jogou muitos pelos lados do campo em velocidade, mas faltava criatividade e mais qualidade nas finalizações. Os uruguaios foram superiores mas faltou o algo a mais na conclusão final. Já o Peixe entrou matematicamente classificado após o empate entre Real Garcilaso e Estudiantes. A equipe de Jair Ventura entrou com uma postura mais conservadora, marcando forte e jogando em cima dos erros dos donos da casa. Ofensivamente faltava mais energia e ousadia ao ataque santista que pouco produziu em um primeiro tempo que terminou sem gols.

No segundo tempo, o Nacional veio mais organizado e ofensivo em busca da vitória. O atacante Viúdez foi o que levou mais perigo a defesa do peixe se movimentando e criando os espaços, mas com dificuldade na finalização de longa e média distância. Porém, aos 13 minutos, o Rey de Copas saiu na frente com o atacante Barcia, após cruzamento de Espino pelo lado esquerdo. Após sofrer o gol, o técnico Jair Ventura fez algumas mudanças táticas no time que não conseguia responder. A apatia no Santos era visível. Já os uruguaios cadenciavam o jogo, trocando passes e fazendo o tempo passar. Vitória importante do Nacional que chega a 8 pontos e depende apenas de si contra o Estudiantes na Argentina para chegar a próxima fase. Já o Santos permanece com 9 pontos e precisa de uma vitória simples contra o Garcilaso para garantir a primeira colocação.

O atacante Barcia fez o gol da vitória do Rey de Copas contra o Santos em Montevideo.
Foto: Conmebol Libertadores/Facebook

 

 

 

Vasco 0 x 4 Cruzeiro

O Vasco sabia que se tratava de um jogo de vida ou morte! O técnico Ze Ricardo tinha como estratégia tentar sufocar os visitantes nos cinco primeiros minutos. Mas do outro lado, tinha um time frio e muito bem montado taticamente pelo experiente Mano Menezes, que conseguiu armar o time que marcou bem e atacou com muita segurança e inteligência. O zagueiro Léo fez o primeiro, logo aos 11 minutos. O meia uruguaio De Arrascaeta fez o segundo, aos 25 minutos, complicando demais o jogo para os donos da casa. O Cruzeiro dominava completamente o jogo e chegou ao terceiro gol ainda na primeira etapa com o atacante Sassá.

A etapa final foi o espelho do primeiro tempo. O Vasco saiu em busca do ataque e o Cruzeiro jogava no contra-ataque. Sassá, em grande fase, fez o quarto do time celeste e o segundo dele no jogo. Mais uma grande atuação do Cruzeiro que chega a 8 pontos e encaminha a sua classificação a segunda fase. Já o Vasco com mais este tropeço está eliminado.

Cruzeiro tem grande atuação, goleia o Vasco e se aproxima das Oitavas de Final.
Foto: Conmebol Libertadores/Facebook

 

 

Corinthians 1 x 2 Independiente – ARG

Os argentinos surpreenderam e tiveram uma postura ofensiva desde os primeiros minutos. O promissor técnico Ariel Holan armou um time que jogava pelos lados de campo e trabalhava com marcação alta, neutralizando completamente os donos da casa e criando boas oportunidades. O atacante Benítez abriu o placar aos 11 minutos para os rojos. O Corinthians foi surpreendido e entrou completamente desligado no jogo, errando muitos passes, dando espaços pelos lados do campo e sem nenhuma inspiração entre o meio e o ataque. Os visitantes eram letais no contra-ataque e chegaram ao segundo gol aos 25 minutos após escanteio o paraguaio Romero fez contra. O Corinthians foi simplesmente dominado pelo Independiente na etapa inicial! Porém, em um belo passe do zagueiro Balbuena, o meia Jadson apareceu livre na cara do goleiro Campaña e fez o primeiro do time do povo em Itaquera. Após levar o gol, o time argentino sentiu e acabou caindo de rendimento nos 10 minutos finais.

O Corinthians acordou na segunda etapa e voltou melhor dificultando o jogo para os visitantes. Por sua vez o Independiente se defendia, marcava forte e jogava nos erros do time alvinegro. Carille abriu seu time em busca do enmpate, mas o Timão parava na boa atuação do goleiro Campaña que fez bela defesas. O Corinthians terminou o jogo com 10, após o atacante Emerson Sheik ser expulso em menos de dois minutos de entrado em campo. Fim de um jogo muito movimentado em Itaquera! O Corinthians permanece com 7 pontos e agora vai até a Venezuela enfrentar o Deportivo Lara. Já o Independiente conquista uma vitória importantíssima e agora recebe em Avellaneda o Milionários da Colômbia.

Em jogo disputado, Independente joga bem e supera Corinthians em Itaquera.
Foto: Conmebol Libertadores/Facebook

 

 

Alianza Lima 1 x 3 Palmeiras 

O Palmeiras começou jogando com muita intensidade e no campo do time peruano nos 15 primeiros minutos e chegando com perigo em três oportunidades. Já os donos da casa tentavam sair da forte pressão e aos poucos começar a jogar,  mas parava na falta de qualidade de seus homens de frente. O Palmeiras fazia uma grande partida, dominando as ações, jogando leve e com muita intensidade e de tanto pressionar após grande jogada de Borja e Moisés, o atacante William colocou o Verdão na frente aos 20 minutos. Os visitantes eram incansáveis e imprimiram um ritmo muito forte e o jovem atacante Hyoran fez o segundo do Verdão.

Na etapa final, o Palmeiras voltou com a mesma postura do primeiro tempo, jogando com tranquilidade e extremamente ligado no jogo. Depois de bela jogada pelo lado direito, o lateral Maike serviu o atacante Borja que sem goleiro apenas empurrou para as redes. Em uma das poucas chances de gol, os peruanos fizeram o primeiro gol na competição, após pênalti cobrado pelo meia Cruzado aos 24 minutos. Nos 15 minutos finais, o Palmeiras apenas cadenciou o jogo, rodando a bola e fazendo o tempo passar. Vitória importante que garante ao Verdão a primeira colocação do Grupo 7 com 13 pontos. O Palmeiras enfrenta na última rodada o Junior Barranquila da Colômbia no Allianz Parque. Já os peruanos conseguiram marcar o primeiro gol na competição e encerram a sua participação na Libertadores frente o Boca Juniors na temida La Bombonera.

Palmeiras tem grande atuação , vence o Alianza Lima e garante a primeira colocação de seu Grupo
Foto: SE Palmeiras/Facebook

 

Foto em destaque: Conmebol Libertadores/ Facebook

Bruno Mattos

Bruno Mattos

64 posts | 0 comments

Comments are closed.