Santos e Rio Preto se reencontram na final do Paulistão Feminino

Santos e Rio Preto se reencontram na final do Paulistão Feminino

Like
544
0
sexta-feira, 06 outubro 2017
Futebol Feminino

A Vila Belmiro será palco de mais uma finalíssima neste sábado (07). As Sereias da Vila recebem o Rio Preto na decisão do Campeonato Paulista, reeditando a final de 2016, quando a equipe alviverde levantou a taça de forma inédita. A primeira partida da decisão ocorreu no último sábado (30), no estádio José Maria de Campos Maia em Mirassol, já que o gramado do Anísio Haddad passa por reforma.

Debaixo de muita chuva as Sereias saíram na frente na primeira etapa, com arremate de Brena de fora da área. O empate veio nos acréscimos do segundo tempo com Millene, de pênalti. Para chegar à decisão, a equipe avinegra terminou a primeira fase do torneio na segunda posição do grupo dois, com 38 pontos. Na segunda fase liderou o grupo três com 15 e venceu a Ponte Preta nos dois jogos da semifinal.

Maria, que ficou fora do primeiro jogo da final, volta da suspensão automática. Recuperada de lesão, Maurine que recentemente anunciou aposentadoria da seleção brasileira deve estar à disposição do técnico Caio Couto. “O jogo de lá foi atípico, foi mais para a característica delas do que a nossa. Espero que sábado o tempo esteja melhor, mas mesmo se não estiver, a gente sabe que a característica do campo da Vila Belmiro é sensacional e vamos poder impor nosso ritmo e nosso toque de bola”, avaliou a zagueira Carol Arruda.

Foto: Paulo Arnaldo / Rádio Poliesportiva.

Para ficar com o título as duas equipes precisam da vitória, em caso de novo empate a decisão será nos pênaltis. Peça importante no Rio Preto, a zagueira Siméia retorna de suspensão automática e pode reforçar o time. Antes da decisão contra o Santos, a equipe de Chicão Reguera eliminou o Corinthians/Audax na semifinal, foi segundo colocado do grupo três na segunda fase com 12 pontos, além de liderar a primeira fase com 39 pontos.

De acordo com a volante Jessica, a equipe joga sempre buscando o ataque, tanto em casa como fora e acredita que a pressão maior está do lado das santistas, que decidem a partida em seus domínios. “Nossa equipe é aguerrida, temos uma marcação muito forte e pressionamos o adversário nos 90 minutos. Temos muita intensidade e não somos uma equipe de muita posse, recuperamos a bola e já iniciamos o ataque.

Isso nos favorece, principalmente no mata-mata”, analisou Jessica.
Acompanhe a transmissão de Santos e Rio Preto, neste sábado às 15h30, com narração de Paulo Arnaldo, reportagem de Natália Santana, comentários de Bruno Filandra Lopes e Victor de Andrade, como convidado. Para ouvir, acesse www.radiopoliesportiva.com.br. No seu celular, pelos aplicativos RadiosNET ou Tunein. Rádio Poliesportiva, a arte do esporte.

 

O pesquisador Edson de Lima, da Vitrine do Futebol Feminino levantou as estatísticas da decisão, ouça:

 

A volante Cida e a atacante Patrícia Sochor comentam decisão – Entrevista concedida pelo Santos FC / Fabiano Farah:

 

Zagueira Carol Arruda avalia fator casa – Entrevista concedida pelo Santos FC / Fabiano Farah:

 

Suzana, volante do Rio Preto fala fala sobre a importância da final – Reportagem de Natália Santana / Rádio Poliesportiva:

 

Atacante Millene explica campanha no estadual – Reportagem de Natália Santana / Rádio Poliesportiva:

 

Jessica comenta desafios do Rio Preto na temporada – Reportagem de Natália Santana / Rádio Poliesportiva:

 

Foto de capa: Pedro Ernesto Guerra Azevedo

 

Redatora da matéria: Natália Santana, de São Bernardo do Campo

 

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

370 posts | 2 comments