Premiação do Paulistão Feminino reúne jogadoras em festa na FPF

Premiação do Paulistão Feminino reúne jogadoras em festa na FPF

Like
294
0
quinta-feira, 26 outubro 2017
Futebol Feminino

A sede da Federação Paulista de Futebol foi o palco da premiação do Paulistão Feminino de 2017, na capital. Pelo segundo ano consecutivo, a instituição realiza a festa como uma forma de incentivar a modalidade e homenagear as jogadoras. Além de reunir representantes das equipes que disputaram a competição, a cerimônia também premiou as melhores de São Paulo e formou, por votação das jogadoras, a seleção paulista de 2017.

No gol, Letícia Izidoro, que além de brilhar no Paulistão foi a grande personagem da conquista da Copa Libertadores da América de 2017. Vestindo a camisa do Corinthians Audax, a goleira defendeu pênaltis na emocionante final contra o Colo-Colo, do Chile. Já no Paulistão a equipe foi eliminada pelas campeãs Rio Preto.

Na lateral direita, Katiuscia que atuou no estadual pelo Santos, vice campeão paulista e campeão brasileiro de 2017. Na zaga, Antônia, da Ponte Preta, a primeira representante do time de Campinas. A Macaca disputou pelo primeiro ano o Campeonato Paulista e teve ótimo aproveitamento, chegando a semifinal. A linha defensiva ainda tem a zagueira e capitã das sereias da Vila, Carol Arruda. Na lateral esquerda, Jucinara que disputou o estadual pelo Corinthians Audax. Juci, como é conhecida no futebol, é a nova contratada do Atlético de Madri. A jogadora foi representada por Grazi sua ex-companheira de time, que também foi eleita para a seleção do Paulistão como uma das melhores meio campistas.

Brena, do Santos, também foi eleita para o meio de campo. A jovem fez bela atuação na competição, indo até a última rodada. Para completar o meio, Patrícia Llanos, da Ferroviária, foi eleita. No ataque, Sole Jaimes, a argentina que comanda o sistema ofensivo do Santos e aterrorizou a defesa de muitos times paulistas durante a competição. Kerolin, da Ponte Preta, também foi eleita para o ataque paulista, a jovem de 17 anos mostrou bom futebol e encantou a todos. Para fechar a linha ofensiva paulista, a eleita foi Adriana do Rio Preto. Ela foi representada por Jéssica, volante do jacaré, pois estava na China com a seleção brasileira onde foi campeã da Copa CFA.

E para completar a equipe, o técnico Caio Couto, do Santos foi eleito o melhor treinador do campeonato paulista 2017.

 

Artilheira

Tábatha da Ferroviária recebeu o prêmio de artilheira da competição por ter marcado 17 gols. A atacante não pode comparecer a cerimônia e foi representada por Ana Lorena da equipe de Araraquara.

A Ferroviária foi eliminada na segunda fase que antecedeu as semifinais, mas, mesmo assim, ninguém superou a marca de Tábatha.

 

Craque do Paulistão

Com votação das jogadores participantes, a eleita como craque do Campeonato Paulista 2017 era um suspense a ser revelado apenas na festa de premiação e assim foi feito. A jovem Kerolin, atacante da Ponte Preta, foi a escolhida. Ela acabou de voltar do Paraguai com o Corinthians Audax, time com quem disputou a Copa Libertadores da América, emprestada.

Kerolin se mostrou surpresa e revelou que esperava que a premiação de craque fosse entregue a Sole Jaimes, mas ficou muito feliz com a escolha das participantes do Paulistão. Ela ainda ressaltou que o prêmio foi fruto de um trabalho duro realizado durante todo o ano pela Macaca e enalteceu o trabalho da técnica Ana Lúcia Gonçalves.

 

Campeão e vice

Rio Preto e Santos puderam ficar mais próximos de suas conquistas e oficialmente levaram para casa os troféus da competição. O Santos contou com a presença de membros da comissão técnica e algumas das sereias da Vila para receber o caneco de Vice campeão do Campeonato Paulista de 2017.

O Jacaré também recebeu a taça com a presença da diretoria e jogadoras bi campeãs do Paulistão. A volante Jéssica, do Rio Preto revelou que para ela a partida da final na Vila Belmiro foi a melhor da equipe no campeonato estadual. E essa atuação consagrou o time após uma dura competição.

 

Foto: Rodrigo Corsi/FPF/Powered By Canon

 

2018

O sucesso de mais uma premiação antecede a expectativa para a próxima. Aline Pellegrino, coordenadora de futebol feminino da FPF, ressaltou que espera uma festa tão alegre e bonita no próximo ano, mas acredita que o espaço já tenha ficado pequeno. A constatação foi feita com alegria e a coordenadora já se programa para realizar uma cerimônia ainda maior em 2018 para poder receber mais jogadoras da competição estadual.

A premiação já caiu na graça das atletas que aproveitam o momento de reconhecimento para se reencontrarem, trocarem figurinhas e, claro, falar de futebol.

 

Foto de capa: Rodrigo Corsi/FPF/Powered By Canon

 

Redatora: Elaine Trevisan, de São Paulo

Elaine Trevisan

Elaine Trevisan

1 posts | 0 comments