Libertadores: Os times brasileiros nos jogos da volta das oitavas de final

Libertadores: Os times brasileiros nos jogos da volta das oitavas de final

Like
75
0
sábado, 01 setembro 2018
Copa Libertadores

Por: Bruno Mattos, de São Paulo, SP.

 

Nos jogos de volta das oitavas de final da Copa Libertadores 2018, Palmeiras, Grêmio e Cruzeiro avançam a fase de Quartas de final. Flamengo, Santos e Corinthians são eliminados.

 

Santos 0 x 0 Independiente 

O primeiro tempo foi marcado por um Santos pilhado e nervoso. O peixe tinha dificuldades para entrar no campo de defesa argentino, o meio campo não existiu e isso foi fundamental para as poucas chances de gol criadas pelo Santos. Os erros de passes e os espaços entre as linhas também eram um problema do sistema  defensivo. Já o “Rey de Copas” se aproveitava do desespero dos donos da casa e jogava nos erros do peixe. E nos acréscimos da etapa inicial o Independiente teve a chance de abrir o placar cobrança de pênalti, mas o meia Maxi Meza acabou parando no goleiro Vanderlei.

No segundo tempo o técnico Cuca colocou o meia Costa Riquenho Bryan Ruiz no lugar do atacante Bruno Henrique. E com esta alteração o Santos ganhou mais qualidade no meio e seu ataque começou a ser mais acionado. Mas o tempo foi passando e o nervosismo tomou conta ainda mais dos comandados do técnico Cuca. Já  o Independiente fazia o tempo passar e jogava nos contra-ataques. E o jogo foi paralisado e encerrado aos 35 minutos do segundo tempo, devido a bombas jogadas no gramado e em direção aos torcedores argentinos e o confronto de alguns torcedores do Santos com a Polícia.

Santos perde no tribunal e não reverte os 3 a 0 dentro de campo.
Foto: Conmebol Libertadores/Facebook

 

 

 

Grêmio 2(5) x (3)1 Estudiantes 

O jogo começou quente em Porto Alegre, com os donos da casa encima dos argentinos. E foi o Tricolor Gaúcho que saiu na frente com o atacante Everton ao 6 minutos de jogo. Mas o Estudiantes  empatou logo em seguida com Lucas Rodríguez aos 8 minutos. O Estudiantes apostava na marcação homem a homem e com meia pressão, diminuindo os espaços dos homens de criação e neutralizando as principais peças do time do Grêmio.

Na etapa final o Grêmio começou a  acelerar mais o jogo e foi para o ataque em busca do gol. Já o Estudiantes tinha bem clara a sua estratégia de jogo, fazer o tempo passar, marcar forte em linha alta e jogar nos contra-ataques. Faltava tranquilidade e inspiração para o setor ofensivo Tricolor. Mas já nos acréscimos e na base do desespero o atual Campeão da América chegou ao gol da vitória aos 48 minutos do segundo tempo com o atacante Alison de cabeça, levando o confronto para os pênaltis. Nas cobranças de pênaltis o Estudiantes errou uma cobrança com o zagueiro Campi. Já o Grêmio converteu as cinco cobranças e avançou a fase de quartas de final.

Em jogo complicado, Grêmio supera Estudiantes nos pênaltis e avança as Quartas de Final.
Foto: Conmebol Libertadores/Facebook

 

 

Corinthians 2 x 1 Colo-Colo 

O Corinthians foi avassalador nos primeiros 25 minutos de jogo. Os donos da casa iniciavam a marcação  lá em cima, dificultando e neutralizando completamente o timr chileno. E a pressão Alvinegra funcionou quando o meia Jadson abriu o placar de pênalti. Mas após o gol o Corinthians acabou relaxando e se desligando do jogo. E na primeira jogada de ataque o Colo-Colo chegou ao empate com o atacante Lucas Barrios de cabeça, após jogada iniciada por Jorge Valdívia.

O Corinthians voltou para o tudo ou nada na etapa final. Os chilenos jogavam com a vantagem, e com isso marcavam em linha alta e apostava na troca de passes para fazer o tempo passar. E o time do povo chegou ao segundo gol aos 17 minutos com o atacante Roger de cabeça, inflamando a fiel torcida em Itaquera. Os minutos foram dramáticos, com o Corinthians totalmente no campo de ataque.

Os jogadores do Colo-Colo fazem a festa no gramado da Arena Corinthians após a classificação.
Foto: Conmebol Libertadores/Facebook

 

 

Cruzeiro 0 x 1 Flamengo 

Tivemos uma primeira etapa equilibrada no Mineirão. A raposa jogava com inteligência, administrava a vantagem que tinha e mostrava concentração no jogo. Já o Rubro-Negro apostava em seu sistema ofensivo para chegar ao gols que precisava.

No segundo tempo os visitantes foram ainda mais pro ataque, mas faltava tranquilidade ao Flamengo na hora da conclusão das jogadas. Mas O zagueiro Léo Duarte abriu o placar para o Mengão aos 24 minutos, dando esperanças de classificação para a nação rubro-negra e preocupando os Cruzeirenses no Mineirão. Os minutos finais eram de um Cruzeiro se fechando e jogando no contragolpe. Enquanto o Flamengo atacava sem muita organização buscando o segundo gol. Mesmo com a derrota o Cruzeiro chega as quartas de final da Libertadores.

 

Ao estilo “Vikings” atletas do Cruzeiro comemoram com sua torcida no Mineirão.
Foto: Conmebol Libertadores/Facebook

 

 

 

Palmeiras 0 x 1 Cerro Porteño

Na etapa inicial o jogo começou quente, quando o volante Felipe Melo foi expulso logo aos 3 minutos, após dura entrada em Victor Cáceres. Toda a estratégia e leitura de jogo de Felipão acabou se desmontando após essa expulsão. Os paraguaios se animaram e começaram a acreditar que era possível reverter o placar.

Na etapa complementar o Cerro voltou com uma postura mais ofensiva, pois precisa de dois gols. Já o Palmeiras buscava jogar com inteligência, marcando forte e buscando a velocidade no ataque para ameaçar nos contra-ataques. Mas foi o “Ciclón” que saiu na frente com o lateral Arzamendia aos 12 minutos do segundo tempo.
Os mais de 40 minutos restantes de jogo foram extremamente tensos. O Palmeiras adotou a postura de se fechar e manter a bola para fazer o tempo passar, o desgaste físico era muito grande e isso foi fundamental para os paraguaios cresceram ainda mais no jogo e começaram a pressionar em busca do segundo gol que levaria o confronto para os pênaltis. No fim do jogo o Palmeiras teve o atacante Deyverson expulso após se envolver em confusão com Marcos Cáceres. Fim de um jogo de Copa Libertadores em sua essência, o Palmeiras volta as quartas de final após 9 anos, e agora enfrenta o Colo-Colo.

 

Em jogo tipíco de Libertadores. Palmeiras perde mas chega as Quartas de Final.
Foto: Palmeiras Oficial/Facebook

 

 

Quartas de Final

Palmeiras x Colo-Colo

Boca Juniors x Cruzeiro

Grêmio x Tucumán

River Plate x Independiente

 

 

Foto em destaque: Ivan Marconato / Poliesportiva

Bruno Mattos

Bruno Mattos

68 posts | 0 comments

Comments are closed.