Norte-americano Kirby Chambliss brilha e vence etapa de Budapeste

Norte-americano Kirby Chambliss brilha e vence etapa de Budapeste

Like
257
0
sexta-feira, 07 julho 2017
Esportes Radicais

Aconteceu no último final de semana, nos dias 1 e 2 de julho, a quarta etapa do circuito mundial Red Bull Air Race 2017, na capital da Hungria, em Budapeste.

Sobrevoando o Rio Danúbio e passando pela Ponte das Correntes, o quê se viu no céu foi um espetáculo a parte, protagonizado pelo norte-americano Kirby Chambliss, que saiu vencedor da etapa após nove anos sem subir ao pódio na competição.

“Eu amo Budapeste. Preciso agradecer meu time, porque não se trata do esforço de apenas uma pessoa. Estou feliz demais. Vencer é fácil quando você já está vencendo e acostumado a isso. Mas é bem difícil quando a vitória está longe.”, comentou Chambliss.

Em segundo lugar ficou o piloto canadense Pete McLeod, que chegou a ser o mais rápido em três voltas , estando apenas 0s108 atrás do primeiro. Fechando o pódio, em terceiro lugar, o japonês Muroya bateu o checo Sonka, que com duas penalidades, se contentou com o quarto lugar.

Com os resultados em Budapeste, a disputa pelo título mundial ficou ainda mais acirrada. Na classificação geral, Muroya tem apenas dois pontos a mais que Sonka. Já McLeod e Chambliss subiram posições no ranking, ocupando o terceiro e o quarto lugar, respectivamente.

A competição reúne os principais pilotos de aviões da modalidade no mundo, em oito etapas ao longo do ano e que são realizadas em diversos países ao redor do planeta.

A próxima e quinta etapa ocorrerá na Rússia, nos dias 22 e 23 de julho.

Pilotos executaram suas manobras sobrevoando o Rio Danúbio. Foto por: Red Bull Conten Pool

Criado em 2003 pela própria empresa de energéticos, o Red Bull Air Race Championship é um circuito mundial de corridas aéreas com a participação dos pilotos mais hábeis do mundo na categoria. Os pilotos participantes devem sobrevoar em trajetos e circuitos no céu de cada etapa individualmente e no menor tempo possível, passando por pilões especiais conhecidos como “air gates”.

Sempre nos fins de semana, as corridas podem acontecer em aeródromos ou até mesmo sobre as cidades e mares, além de ter a participação de shows aéreos para animar ainda mais o público.

Atualmente, 14 pilotos competem uns contra os outros nas corridas aéreas. Aquele que realizar o circuito de provas em menos tempo, vence a etapa. As provas contam com cinco grupos de obstáculos especialmente erguidos

Somente os seis primeiros pilotos de cada etapa é que marcam pontos, ganhando o vencedor 6 pontos e o sexto colocado 1 ponto. O piloto que atingir o maior número de pontos ao fim da temporada se torna o campeão mundial do Red Bull Air Race.

Em meados de 2001, após os esforços da Red Bull em criar um evento novo de aviação, nasce a ideia do Red Bull Air Race. A proposta inicial do evento era a de reunir e desafiar grandes nomes de pilotos acrobáticos do mundo, envolvendo velocidade e precisão nas manobras. Dois anos de planejamento culminaram na primeira Red Bull Air Race, que ocorreu na Áustria em 2003, sendo disputada a cada ano.

Rafael Lardieri

Rafael Lardieri

56 posts | 0 comments