MotoGP: Em Aragão, Marc Márquez faz festa em casa com mais uma vitória e abre 72 pontos de vantagem na liderança

MotoGP: Em Aragão, Marc Márquez faz festa em casa com mais uma vitória e abre 72 pontos de vantagem na liderança

Like
109
0
domingo, 23 setembro 2018
Moto GP

 

 

Por: Paulo Arnaldo, de São Paulo, SP

 

Neste domingo, mais uma grande prova da MotoGP temporada 2018, a 14ª etapa que foi realizada no circuito de Motorland em Aragão, Espanha. Uma prova que mais uma vez, Márquez e Dovizioso brigaram pela vitória, Lorenzo sofreu uma queda na primeira curva logo após a largada e abandonou a corrida. A Suzuki conquistou um ótimo pódio com Andrea Inanone e a Yamaha bateu um recorde negativo ao longo da sua história na motovelocidade. Quem fez a festa foi o piloto da casa, Marc Márquez.

 

Boletim em podcast

Confira do que de melhor aconteceu na etapa de Aragão da MotoGP no Boletim Polimotor, apresentação de Paulo Arnaldo. Ouça aqui:

 

 

Apresentação e edição: Paulo Arnaldo

 

 

Classificação

Na classificação da etapa de Aragão as duas motos da Ducati e a Honda de Márquez formaram a primeira fila, com mais uma vez Lorenzo na pole position. Dovizioso marcou o segundo tempo para formar a dobradinha da Ducati e Márquez foi o terceiro colocado. A Yamaha em uma das piores fases da história da marca na motovelocidade. O doutor Valentino Rossi marcou o 18º melhor tempo, mas devido a punição a Franco Morbidelli ficou com a 17ª posição no grid de largada. Viñales, companheiro de Rossi ficou com  a 14ª posição no grid. O melhor piloto da marca Yamaha  no grid de largada foi Johann Zarco com o 12º lugar com uma moto que não é a oficial de fábrica.

 

Corrida

Na largada da corrida, Márquez mergulha bem por dentro na curva 1 e Lorenzo por fora, perde a traseira da moto, escorrega e sofre um super tombo. Depois do incidente, Dovizioso assume a liderança, com Márquez em segundo e Iannone em terceiro. Lorenzo, apesar de ter se levantado após a queda, teve que sair de maca, por conta de um dedo do pé deslocado neste incidente.

 

Queda de Lorenzo após a largada na primeira curva. Foto: MotoGP / Twitter / Reprodução

 

Na abertura da segundo volta, Alex Rins da Suzuki pressiona Iannone na luta pela terceira posição. E Márquez permanece pressionando Dovizioso pela liderança da prova. Na abertura da quarta volta, Cal Crutchlow, piloto que vem se destacando na temporada,  sofre queda também na curva 1 numa escapada similar a de Lorenzo. Enquanto isso, Rins na terceira posição pressiona Márquez. O pelotão dos três primeiros segue compacto com todo mundo poupando os pneus. A temperatura na pista altíssima e a escolha de composto de pneus deixavam os pilotos preocupados com o desgaste para o final da prova. Dovi optou por médio na dianteira e traseira. Já Márquez foi de médio na dianteira e macio na traseira.

Faltando 12 voltas para terminar, Dovi conseguiu abrir uma diferença na casa dos 600 milésimos para Marc Márquez. Restando 10 voltas para terminar (na 13º volta), Márquez se aproximou tão rapidamente que conseguiu a ultrapassagem sobre o Dovizioso. Na curva do paredão, Márquez mergulha por dentro, Dovi perde a tangência e abre passagem a Márquez para assumir a liderança.

No início da 15ª volta, Dovizioso ultrapassa Márquez, leva um “X”, mas  curvas depois, consegue a ultrapassagem definitiva e reassume a liderança. Com isso, Iannone da Suzuki se aproxima dos dois primeiros. Na 18ª volta, a briga pela liderança esquenta de vez, para prender a respiração de quem assiste. Na mesma curva do paredão, Márquez da mesma forma mergulha por dentro e ultrapassa Dovi que retoma a liderança curvas depois de Iannone se intrometendo nessa luta pela liderança. Márquez mesmo andando fora da pista se sustenta na segunda posição. E Iannone sente o sabor da liderança por uma reta no momento que Dovi e Márquez foram ao limite e o espanhol da Honda deu uma espalhada na curva 16.

Assista esse grande momento da corrida:

 

Na 20ª volta, na curva 1, Márquez ultrapassa, na curva 3, Dovi dá o troco e na curva 4, Márquez de novo fica na frente.  Na penúltima volta, o vencedor da prova segue indefinido, apesar de Márquez conseguir abrir uma mínima diferença. Iannone fica um pouco mais para trás, após sentir um gostinho da briga pela vitória. Na curva 10, Dovi conseguiu se aproximar um pouco mais, mas na curva do paredão, a curva 15, estava definido o vencedor. Marc Márquez cruza a linha de chegada em primeiro, com Dovizioso em segundo e Andrea Iannone com a Suzuki completando o pódio na terceira posição.  Valentino Rossi passando a prova remando para a recuperação conseguiu finalizar em 8º lugar e foi o melhor piloto da Yamaha na chegada. Resultado que bate o recorde negativo da marca ao longo da sua historia, ficando 23 corridas sem vitória.

 

Momento da chegada do GP de Aragão. Foto: MotoGP / Twitter / Reprodução

 

Festa em casa para Marc Márquez que após cruzar a linha de chegada foi na torcida da arquibancada para comemorar. Foi a 6ª vitória de Márquez na temporada. Com o resultado, Márquez consolida ainda mais a liderança abrindo 72 pontos de diferença para o segundo colocado Andrea Dovizioso e fica cada vez mais perto do título de 2018.

 

O pódio de Aragão., da esquerda para direita: Dovizioso, Márquez e Iannone. Foto: MotoGP / Twitter / Reprodução

 

 

Classificação final da prova 

 

Resultado final do GP de Aragão. Parte 1. Foto: MotoGP / Twitter / Reprodução

 

Resultado final do GP de Aragão. Parte 2. Foto: MotoGP / Twitter / Reprodução

 

Resultado final do GP de Aragão. Parte 3. Foto: MotoGP / Twitter / Reprodução

 

 

Classificação do campeonato

 

Fonte. MotoGP.com

 

 

Próximo GP

A próxima etapa da MotoGP será uma novidade. A 15ª etapa do mundial de motovelocidade desembarca em Tailândia que faz a sua estreia no próximo dia 07 de outubro, no circuito de Chang.

 

Circuito de Chang na Tailândia. Foto: MotoGP / Site

 

 

Foto em destaque: MotoGP / Site / Galeria de Fotos

 

 

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

370 posts | 2 comments

Comments are closed.