GP Malaio causa reviravolta e Dovizioso segue vivo na briga pelo título

GP Malaio causa reviravolta e Dovizioso segue vivo na briga pelo título

Like
206
0
domingo, 29 outubro 2017
Moto GP

Estava fácil demais. Após a vitória de Marc Márquez em Phillip Island, parecia uma missão árdua demais tirar o título do espanhol por parte de Andrea Dovizioso, que ainda sonhava com o título. Pois na Malásia o destino tratou de ajudar o italiano da Ducati, que largando em terceiro e debaixo de muita chuva foi tratando de galgar posições rumo a vitória em território asiático na madrugada de sábado para domingo (29).

 

Corrida

Iniciando a prova 33 pontos a frente de Dovizioso, Márquez precisava apenas manter uma diferença de 26 pontos ao fim da prova para garantir o título com uma prova de antecedência. Bastava portanto, apenas um segundo lugar para tal. Na corrida quem puxou a fila foi Johann Zarco na ponta, com Jorge Lorenzo em segundo. Enquanto isso a briga pelo título era na pista, com grande luta pela terceira posição entre Dovizioso e Márquez, que trocaram posições algumas vezes faltando cerca de 17 voltas para o fim.

Mas a chuva não perdoava. Loris Bas foi o primeiro a abandonar. Karel Abraham também abandonou. Alex Rins também sofreu com a pista molhada e foi outro dos que caíram. Porém o número 42 conseguiu voltar a pista. Valentino Rossi também subia na classificação ultrapassando Bradley Smith (que havia realizado uma grande largada) e assumindo a oitava posição. Enquanto isso Zarco abria na ponta com Lorenzo assistindo tudo.

A medida em que a pista secava, os pilotos foram aos poucos se aproximando da liderança. Dovizioso era o mais rápido da pista e se aproximava de Lorenzo rapidamente, deixando pra trás Márquez. Lorenzo respondia e ia pra cima de Zarco, assumindo a ponta em bela ultrapassagem. Zarco não tinha o mesmo rendimento e a dupla da Ducati assumia a ponta mostrando grande desempenho com Lorenzo na ponta e Dovizioso em segundo.

A pista secava e os pilotos começaram a arriscar mais. Nisso, com o chão ainda úmido, Sam Lowes sofreu uma queda e teve de abandonar. Márquez não tinha um bom desempenho e Zarco abria na terceira posição. Alex Rins que havia caído voltas antes, abandonou faltando 9 voltas para o fim. Valentino Rossi continuava subindo posições e tinha bom rendimento.

Faltando 4 voltas para o fim, Andrea Dovizioso assumiu a ponta e foi em busca da vitória, com Lorenzo em segundo. E assim se fez, com o italiano mantendo-se na briga pelo título. Zarco se manteve em terceiro, com Márquez apenas em quarto e o pole Dani Pedrosa em quinto. Danilo Petrucci finalizou em sexto, com Rossi em sétimo, Jack Miller em oitavo, Maverick Viñales em novo e Pol Espargaró fechando os dez primeiros. Bautista, Smith, Redding, Barberá e Crutchlow fecharam a zona de pontução.

Ao fim da prova, a única decisão foi a do terceiro lugar, com Maverick Viñales garantindo a terceira posição no campeonato após chegar na nona posição. O título está em aberto.

 

Sequência

Apesar da vitória de Dovizioso, Márquez ainda vive situação favorável na disputa pelo título. Além de decidir em casa, no circuito de Valência, o espanhol ainda tem 21 pontos de vantagem com 25 em jogo. Para conquistar o título, Dovizioso precisa vencer e torcer para um péssimo resultado de Márquez, que garante o título com um simples 11º lugar.

O GP Motul de la Comunitat Valenciana acontece no dia 12 de novembro no Circuito Ricardo Tormo e apenas Dovizioso ou Márquez vai comemorar o título da disputadíssima temporada de 2017 da MotoGP.

 

Foto de capa: MotoGP / Página do Facebook

 

Redator: Danilo Dias, de São Paulo

Danilo Dias

Danilo Dias

35 posts | 0 comments