Golden State Warriors vence Cleveland Cavaliers e abre 2 x 0 de vantagem na final da NBA

Golden State Warriors vence Cleveland Cavaliers e abre 2 x 0 de vantagem na final da NBA

Like
56
0
segunda-feira, 04 junho 2018
Basquete

Por: Eric Filardi, de São Paulo

 

Jogando em casa, na Oracle Arena, em Oakland, Califórnia, Estados Unidos, o Golden State Warriors abriu vantagem de 2 x 0 sobre o Cleveland Cavaliers, na final da NBA, na série melhor de sete jogos. Foi o segundo jogo da série em Oakland e com mando do GSW. Os próximos dois jogos acontecem na Quicken Loans Arena, em Cleveland, Ohio, Estados Unidos, ambos com mando dos Cavs. O primero jogo será na próxima quarta-feira (06/06), às 22h.

O jogo teve como destaque o armador dos Warriors, Stephen Curry, que anotou 33 pontos, sendo o cestinha da partida, pegou sete rebotes, deu oito assistências e fechou com 51,4 de eficiência. O camisa número 30 ainda bateu o recorde de Ray Allen ao fazer nove cestas de três em um jogo de final. Curry falou sobre o feito após a partida: “É um prazer ser lembrando ao lado de nomes como Ray Allen e Reggie Miller”. O craque apelidado de Brinquedo Assassino pelo narrador Rômulo Mendonça, ainda ouviu do ginásio lotado os gritos de “MVP”, prêmio dado ao melhor jogador. O atleta já tem os prêmios de MVP da temporada regular em duas ocasiões, uma delas por unanimidade, fato jamais ocorrido na NBA. Porém, nunca conquistou o de MVP das finais e que, até então, vai se encaminhando para isso.

LeBron James do lado dos Cavaliers, desta vez não jogou sozinho, teve a companhia de Kevin Love, que anotou 22 pontos, sendo três bolas de três, 10 rebotes, sendo líder no quesito e duas roubadas de bola, totalizando em 50,3 de eficiência. O Papai Lebrão, como apelidou Mendonça, foi diferenciado mais uma vez, mas não tanto quanto os 50 pontos na primeira partida, mas com 29 pontos, nove rebotes, 13 assistências, duas roubadas de bola, sendo líder em eficiência, com 60,3 no quesito. Mas, mais uma vez, não conseguiram parar o poderio ofensivo do time da Califórnia, que fechou a partida com 19 pontos de diferença, 122 x 103.

1º quarto

Com uniforme preto para o GSW e branco para os Cavs, os donos da casa começaram o primeiro avassaladores, com quatro pontos de cara com JaVale McGee, com uma bonita enterrada que já levantou a torcida.

Os Warriors chutaram 7/7 nas bolas de dois nos quatro primeiros minutos. A primeira de três caiu com 3’30” jogados. Os mandantes chegaram a abrir 15 a 6 no início de partida. Além da enterrada de McGee, Draymond Green também enterrou em um contra-ataque que pôs fogo na torcida na Oracle Arena.

Os Cavs diminuíram para cinco pontos a diferença com dois lances de dois pontos e falta. O primeiro com LeBron James convertendo o lance livre e o segundo com J.R. Smith errando. Jogo frenético, correria total nos últimos cinco minutos e nenhum dos times trabalhando os 24 segundos de posse de bola, sempre tentando definir antes. Jordan Bell saiu do banco do Golden State para cravar uma ponte aérea na assistência de Draymond Green. Mas o Cleveland melhorou e conseguiu diminuir a diferença para dois pontos há dois minutos do fim, com boa atuação de LeBron James, mas o quarto inicial terminou em 32 x 28.

2º quarto

Kevin Durant inaugura o placar no segundo quarto com uma bola de três em cima de LeBron James. Os visitantes descontaram com uma de dois e Durant fez outra cesta de três, colocando 37 x 30 no placar. Os Cavs pontuavam, mas erravam muito quando não era LeBron James na jogada. Durant vinha sendo o cestinha do jogo com 11 pontos até então. Com mais dois de Klay Tompson, o GSW sobe pra 39 x 30 e o técnico do Cleveland, Tyronn Lue, pediu tempo para ajustar o time e deu certo. George Hill carimbou uma bola de três para o Cavs, diminuindo para seis a diferença, que cai para quatro com Kevin Love em dois lances livres, mas o Golden State abre oito em seguida.

Com uma excelente partida e, como já dizia Rômulo Mendonça: “Com o veneno da Jararaca”, Stephen Curry converte mais uma bola de três e abre para 11 a vantagem da segunda etapa. O Cleveland estava dependendo muito de Lebron, enquanto KD (Kevin Durant) e o “brinquedinho assassino” (Curry) iam dividindo o protagonismo nos Warriors, além de McGee enterrando aqui e ali. Lebron não estava sendo tão agressivo quanto no jogo um, mas George Hill com 12 pontos chamava a atenção. Só que Curry era o nome do da partida, convertendo mais uma de três para afastar os Cavs, chegando a 13 pontos, abrindo 13 de vantagem no intervalo. Mesmo parecendo apagado na partida, Lebron tem 15 pontos, sendo cinco em lances livres, sete rebotes e oito assistências na primeira metade do jogo.

3º quarto

No famoso “terceiro quarto da morte” do Golden State Warriors, quem venceu foi o Cleveland, por 34 x 31, mas nenhuma vez conseguiu ficar a frente do placar, mas conseguiram frear o que seria um massacre. Kevin Love calibrou a mão no início do terceiro quarto e os Cavs esboçaram uma reação, começando a diminuir a diferença para os Warriors. McGee se mostrou mais uma vez muito atento e prestativo na partida, enterrando outra vez. Do outro lado, Love deu o troco em mais uma de três. Para descontar, Durant devolveu na mesma moeda e também fez de três. Num contra-ataque fulminante, Klay Thompson abriu 11 de vantagem com mais um Splash (bola de três) convertido. LeBron devolve e volta para oito a diferença, convertendo sua primeira bola de três no jogo e, e seguida, deu um excelente passe para Tristan Thompson, que enterrou, e diminuiu a vantagem dos mandantes para seis pontos. Diferente do que é de costume, o GSW não conseguiu ser tão efetivo no terceiro quarto, vendo Thompson e Love diminuírem a diferença para cinco pontos. Ao final do terceiro quarto, 90 x 80 para o Golden State, abrindo 10 pontos de diferença para o último quarto do jogo.

4º quarto

Klay Thompson e Curry marcam de três e aumentaram a diferença no último quarto, abrindo boa vantagem na partida. As bolas de três caiam do lado do times anfitrião. Por mais que LeBron James estivesse com 25 pontos, 12 assistências e oito rebotes, sendo o cestinha da partida até então, os visitantes não conseguiam encostar. Kevin Love estava com 20 pontos e liderando nos rebotes com 10. Mas Curry estava impossível e fez uma cesta há pouco mais de sete do fim do jogo, no estouro do cronômetro, em cima de Kevin Love, de longe e chutando bem alto, abrindo 14 pontos a frente. Curry converteu mais uma bola de três e ouviu gritos de MVP da torcida. O último quarto foi um passeio do Golden State Warriors. Oracle Arena de pé. Com 29 pontos, LeBron James foi ofuscado pelas bolas de três de Stephen Curry, que marcou mais uma vez de três e passou Ray Allen em bolas de três nas finais, chutando 9/17. Golden State venceu a partida com 19 pontos de vantagem, que chegou a ser de 23, abrindo assim 2 x 0 na série melhor de sete.

Veja os melhores momentos da partida:

 

Foto em destaque: Marcio Jose Sanchez/Associated Press

Eric Filardi

Eric Filardi

38 posts | 0 comments

Comments are closed.