Fórmula E: Felipe Massa comenta estreia e a expectativa para Marrakesh

Fórmula E: Felipe Massa comenta estreia e a expectativa para Marrakesh

Like
30
0
quarta-feira, 09 janeiro 2019
Automobilismo

Por Rodrigo Nascimento, de São Caetano do Sul – SP

 

Após 16 anos de F1, o piloto brasileiro Felipe Massa fez a sua estreia na Fórmula E na corrida inaugural da temporada 2018-19, em Ad Diriyah na Arabia Saudita. O piloto brasileiro da Venturi Fórmula E Team largou em 12º e chegou a ocupar a oitava posição durante a prova, mas acabou sofrendo algumas punições e terminou na 17ª colocação.

Apesar da frustração por conta das punições, Felipe Massa avaliou a estreia como divertida, e espera que os erros que ocorreram na etapa saudita sirvam de aprendizado para o restante da temporada.

“Foi divertido. Tivemos muitos problemas com o carro, quebrei no primeiro treino após duas voltas, e no treino de sábado andamos debaixo de chuva e menos da metade da sessão, novamente por conta de problemas no carro. Fora isso a corrida foi boa, largamos em 12º e consegui realizar algumas ultrapassagens. Tinha um bom ritmo de corrida, mas acabei sendo penalizado por conta de um erro bobo que cometemos e isso foi determinante no resultado. A minha equipe, assim como outras, ultrapassou o limite de potência em uma volta. Apesar de não ter nenhum aumento de performance por conta disso, o regulamento não permite e por isso ocorreu a punição”, comentou Massa.

Felipe Massa sofreu mais duas punições após o término do ePrix de Ad Diriyah, por conta do uso incorreto do Fanboost. O piloto brasileiro foi um dos cinco pilotos mais votados pelos fãs para ganhar o direito de utilizar o recurso de aumento de potência durante a prova

“Ao final da prova ainda fui penalizado mais duas vezes por causa do Fanboost. Não sabia que não podia usar o Fanboost antes dos 22 minutos da prova. Ninguém me avisou e eu também não fui atrás da informação, então de certa forma o erro foi meu também, pois acreditava que era um recurso que o piloto poderia utilizar a qualquer momento da corrida. E ainda sofri outra punição por conta do tempo de uso do Fanboost, que é de três segundos, mas a minha equipe configurou para três segundos e meio. Enfim, cometemos muitos erros na primeira corrida, mas fica de aprendizado para o decorrer da temporada. Apesar de tudo, posso dizer que me diverti, muita coisa acontece ao mesmo tempo, semelhante uma corrida de kart.”

Questionado se foi possível aproveitar algo dos 16 anos de F1 na estreia em Ad Diriyah, o piloto brasileiro afirmou que está começando praticamente do zero, pois a diferença entre os dois carros são diversas.

“Não dá para aproveitar muito. As pistas são completamente diferentes, e eu não conheço nenhuma delas, nem mesmo Mônaco ou México, pois a Fórmula E utiliza um traçado mais curto que a F1. É um carro que não tem aerodinâmica, o pneu é radial, émais pesado e totalmente elétrico, ou seja: é totalmente diferente. Vou ter que aprender tudo de novo. Mas para falar a verdade, o que tenho aprendido até agora foi muito interessante.”

Por fim, Massa comentou sobre a expectativa para o ePrix de Marrakesh, prova que será disputada no próximo sábado (12).

“Primeiro conhecer a pista, me preparar bem, e não só eu mas a equipe também, para não voltarmos a cometer erros como os que ocorreram em Ad Diriyah. Tomara que a gente consiga ter um bom resultado, conquistar alguns pontos e começar de fato o campeonato daqui para frente.”

O ePrix de Marrakesh será disputado no próximo sábado e a largada está programada para às 13:00 (horário de Brasília). Os fãs da Fórmula E poderão ouvir a corrida ao vivo pela rádio de todos os esportes, com a transmissão que terá início às 12h30.

 

Foto em destaque: Venturi/Formula E/Divulgação

Gabriel Max

Gabriel Max

93 posts | 0 comments

Comments are closed.