Felipe Fraga e Rubens Barrichello vencem na Argentina e se aproximam dos líderes

Felipe Fraga e Rubens Barrichello vencem na Argentina e se aproximam dos líderes

Like
311
0
quarta-feira, 04 outubro 2017
Stock Car

Utilizando o botão de ultrapassagem com inteligência, Felipe Fraga usou a reta e o bom carro para fazer uma ultrapassagem dupla em Daniel Serra e Thiago Camilo para vencer a primeira rodada da Stock Car em Buenos Aires. Já na segunda corrida, Barrichello colocou pneus de seco para andar na pista úmida e se deu bem, mostrando ser um dos melhores em condições de pista molhada assim como era na Fórmula 1, vencendo a prova.

 

Corrida 1

Choveu bastante na capital argentina, principalmente durante a noite anterior a corrida. Portanto a direção de prova decidiu que a largada fosse feita com o uso do carro de segurança. Felipe Fraga mostrava desde o início que tinha um bom carro, superior aos demais.

Aproveitando-se dos botões de ultrapassagem na hora certa, Fraga foi pra cima de Thiago Camilo e Daniel Serra e ultrapassou os dois ao mesmo tempo que patinavam na pista após a janela de parada nos boxes para assumir a ponta.

Thiago Camilo por sua vez conseguiu superar Daniel Serra e se manteve em sua tradicional regularidade em busca do título. Daniel Serra sofreu após usar pneus já desgastados depois da parada nos boxes e ficou na terceira posição da bateria.

Ao fim da prova Fraga conquistou a vitória, com Thiago Camilo em segundo e Daniel Serra em terceiro. Diego Nunes finalizou em quarto, trazendo com ele Marcos Gomes em quinto, Ricardo Maurício em sexto, Valdeno Brito em sétimo, Allan Khodair em oitavo, Gabriel Casagrande em nono e Átila Abreu em décimo fechando os dez primeiros.

 

Corrida 2

No decorrer da temporada foi comum ver pilotos sacrificando a primeira prova em nome da segunda por questão de estratégia, quando não há muito o que se fazer na primeira corrida. Ultrapassagens principalmente nos pit stops e estratégias acertadas deram a tônica a prova, vencida por Rubens Barrichello.

O experiente piloto viu que a pista para a segunda prova já havia secado bastante, então preferiu ir para a prova com pneus de pista seca após ter um pneu furado na primeira prova, o que deu muito certo. Seu carro teve um desempenho bem melhor que a maioria. Largando em 21º e mesmo com seu pára-brisa avariado foi galgando posições.

Outro piloto favorecido pela estratégia foi Max Wilson, que ultrapassou Rafael Suzuki no fim da corrida. Com uma primeira corrida problemática, Max apostou tudo na segunda prova se dando bem e garantindo um pódio. Enquanto isso Daniel Serra sofria após rodar e comprometer a sua prova.

Já Rafael Suzuki comemorou seu melhor resultado do ano subindo ao pódio na terceira posição. Júlio Campos foi o quarto, Cacá Bueno completou em quinto e Felipe Fraga foi o sexto, em grande fim de semana. Gabriel Casagrande finalizou em sétimo, com Antônio Pizzonia em oitavo e César Ramos em nono. Thiago Camilo completou o top 10 da segunda prova.

 

Sequência

A próxima corrida da temporada 2017 da Stock Car Brasil acontece no tradicional circuito de Tarumã, em Viamão no Rio Grande do Sul no próximo dia 22 de outubro. Será a antepenúltima etapa do ano e é fundamental que os pilotos que pleiteiam o título façam boas corridas.

O campeonato está em aberto, com Daniel Serra ainda na ponta com 259 pontos, contra 255 de Thiago Camilo e 214 de Felipe Fraga que subiu na classificação. Átila Abreu tem 203 pontos. Rubens Barrichello também se aproximou dos líderes e tem 186 pontos. Cacá Bueno está próximo com 181, seguido de perto por Max Wilson com 178. Marcos Gomes tem 162 e Ricardo Maurício tem 156, ainda sonhando em melhorar a classificação.

Todas as informações da maior categoria do automobilismo brasileiro você confere aqui, na Rádio Poliesportiva.

 

Foto de capa: Duda Bairros/Vicar

 

Redator da matéria: Danilo Dias, de São Paulo.

Danilo Dias

Danilo Dias

47 posts | 0 comments