Expectativas para a temporada 2018 da Fórmula 1

Expectativas para a temporada 2018 da Fórmula 1

Like
261
0
sexta-feira, 09 março 2018
Automobilismo

Você gosta de F1? Está ansioso para o início da nova temporada? Bom, eu estou muito ansioso e vou contar um pouco dos preparativos para esta nova jornada.

Mclaren volta às origens.  Fonte: Twitter F1.

A Fórmula 1 traz novidades nesta temporada de 2018, uma delas é a volta do GP da França, que contará com um novo traçado de Paul Ricard, com isso, esta será a primeira vez na história que a F1 terá 21 grandes prêmios. Outro circuito que voltou ao calendário é o GP da Alemanha, que ficou de fora da temporada passada.

Mercedes tenta manter a hegemonia. Fonte: Twitter F1

Já que citamos o ano passado, a temporada de 2017 foi uma das mais marcantes para a categoria. As grandes mudanças aerodinâmicas fizeram com que as equipes se reinventassem, criando maiores desafios. Já na atual temporada as mudanças são poucas, mas uma delas é muito fácil de ser notada, o Halo. O novo equipamento passou por três anos de teste e sofreu com a rejeição de pilotos, equipes e fãs, mas finalmente a FIA conseguiu implementar. O objeto serve de proteção para o cockpit e evitar o contato direto de batidas e detritos com a cabeça dos pilotos, como aconteceu com Felipe Massa em 2009. Outra mudança será a retirada da barbatana de tubarão, equipamento que foi usado na temporada passada para aumentar a potências dos carros. Agora, em relação aos pneus, a Pirelli adicionou dois novos compostos, na cor azul o superduro e na cor rosa o hipermacio.

Ferrari quer voltar aos tempos de glória. Fonte: Twitter F1.

Não foram só os carros e o regulamento que sofreram mudanças, houve troca de pilotos e motores.
Williams: Com a aposentadoria de Felipe Massa, pela primeira vez desde 1970, o Brasil ficará sem um representante no grid. Para substituir massa na Williams, a escuderia vai contar com o russo Sergey Sirotkin, de 22 anos, o jovem será companheiro de equipe de Lance Stroll, de apenas 19 anos. A dupla de novatos será responsável por guiar o FW41.

Red Bull sempre competitiva. Fonte: Twitter F1.

Mclaren: Após o fracasso na parceria com a Honda a montadora passa a apostar nos motores Renault, os mesmo usado por Fernando Alonso no seu bicampeonato. O espanhol e seu companheiro de time Stoffel Vandorme vão guiar o MCL33, que retorna às origens com a pintura laranja.

Toro Rosso: Sem a Mclaren, a Honda vai investir a sua tecnologia na equipe Inglesa, prima da Red Bull. A escuderia apresentou o STR33 que será guiado por duas apostas, o francês Pierre Gasly e o neozelandês Brendon Hartley.

Mercedes: Na busca pelo quinto título consecutivo, a Mercedes aposta suas fichas no W09, que conta com mudanças sutis a montadora alemã é a equipe a ser batida. O tetra campeão do mundo Lewis Hamilton e o finlandês Valtteri Bottas serão os responsáveis pela continuação do domínio dos flechas de prata.

Ferrari: Principal concorrente da Mercedes, a escuderia italiana garante que o belíssimo SF71H pode trazer o título para a montadora. O carro que é, predominantemente, vermelho vai ser pilotado pelo também tetra campeão Sebastian Vettel, que foi o último a ser campeão do mundo sem correr pela Mercedes, e também o finlandês Kimi Raikkonen.

Red Bull: Escuderia quer voltar ao seus tempos de glórias com o RB14, que vai com as cores tradicionais da marca, azul fosco com detalhes vermelhos e amarelos. Daniel Riccardo e o ousado Max Verstapen seguem na pilotagem dos carros da Red Bull.

Renault tenta chegar nas grandes. Fonte: Twitter F1.

Sauber: A equipe suíça conta com a parceria da Alfa Romeo para voltar aos bons tempos com o monoposto C37. O estreante Charles Leclerc, que fez uma temporada brilhante na Fórmula 2, e Marcus Ericsson serão os pilotos da equipe.

Renault: Com o espanhol  Carlos Sainz e o Alemão Nico Hulkenberg a Renault busca se consolidar entre as cinco primeiras com o RS18. Uma novidade que a equipe traz para essa temporada é o patrocínio da Liga Espanhola, a LaLiga, estampado no carro.

Force India: Tem como seu primeiro objetivo manter a paz entre seus pilotos Esteban Nocon e Sérgio Perez, já que na temporada passada essa relação não foi nada amigável.

Haas: A equipe americana vem com o VF18, segundo a escuderia, este é o melhor carro já feito desde o seu início da Fórmula 1. Kevin Magnunssen e Romain Grosjean serão os pilotos.

Em março, no dia 25, vai começar uma nova história da principal categoria do automobilismo mundial. Será que teremos emoção até o último GP? Isso, só o tempo dirá.

 

Foto em destaque: Formula 1 / Twitter

 

Redator da matéria: Lucas Rodrigues, de São Paulo.

Lucas Rodrigues

Lucas Rodrigues

45 posts | 0 comments

Comments are closed.