Em vídeo, Bob Burnquist anuncia primeira seleção brasileira de skate da história

Em vídeo, Bob Burnquist anuncia primeira seleção brasileira de skate da história

Like
282
0
sexta-feira, 20 abril 2018
Skate

Ouça o podcast de Rafael Lardieri que relembra como foi a formação dessa seleção e principalmente, os desdobramentos para que a CBSK conseguisse ficar na responsabilidade pela seleção. Confira!

 

Na última semana, a convocação da primeira seleção brasileira de skate da história do esporte foi anunciada em vídeo e divulgada pela lenda viva do skate mundial, o skatista brasileiro Bob Burnquist, agora presidente da Confederação Brasileira de Skate (CBSk), ao lado de Sandro Dias, outro grande campeão mundial. Através de um comitê técnico, eleito pela própria CBSk, é que a escolha dos atletas foi decidida para o ano de 2018.

“Vamos comemorar mais essa conquista do nosso skate brasileiro e seguir e torcer pelo projeto olímpico Tóquio 2020”, disse Sandro Dias no vídeo divulgado pela CBSk.

A seleção brasileira de skate é formada por 16 atletas, entre homens e mulheres, que compõe os quatro times que irão disputar as modalidades olímpicas escolhidas pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) para os próximos Jogos Olímpicos, que serão disputados na capital japonesa (Tóquio), em 2020. As modalidades são: Street Masculino, Street Feminino, Park Masculino e Park Feminino.

Daqui em diante, haverá convocação anualmente de skatistas profissionais, de acordo com um ranking formado ao longo das etapas do Circuito Brasileiro de Skate. No total, o circuito contará com dez etapas, sendo cinco da modalidade de street e cinco da modalidade de park, nas categorias masculina e feminina. Os três skatistas melhores colocados nesse ranking serão os atletas convocados à seleção brasileira de forma automática. Para a escolha do quarto atleta haverá indicação do comitê técnico da CBSk.

Após o skate ser anunciado como uma das mais novas modalidades olímpicas e ter sua estreia agendada para Tóquio, em 2020, um grande dilema entre a CBSk e a CBHP (Confederação Brasileira de Hóquei e Patins) tomou conta dos bastidores do esporte das quatro rodinhas, no início de 2017. Na época, a confusão se deu por conta da CBHP ter obtido o reconhecimento da parte do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) como entidade que representante do Brasil nos Jogos Olímpicos. Com a notícia, diversos nomes consagrados do skate brasileiro afirmaram que, caso não fossem representados pela CBSK, boicotariam as Olimpíadas no Japão.

Devido a essas questões, Bob Burnquist se posicionou e acabou tomando posse como novo presidente da CBSk, no final de 2017. Com sua entrada na confederação e a pressão exercida pelos atletas, o COB voltou atrás em sua decisão e reconheceu a entidade dos skatistas como legítima representante brasileira para a modalidade olímpica.

Agora, em 2018, o skate brasileiro pôde pela primeira vez anunciar a sua seleção. Os skatistas convocados terão ajuda financeira, recursos humanos, departamento médico, centros de treinamento, viagens e participações em eventos internacionais.

Confira os skatistas convocados para a Seleção Brasileira de Skate 2018:

Modalidade Park – Categoria Masculino
Pedro Barros
Luizinho Francisco
Murilo Peres
Ítalo Peñarrubia

Time Park Masculino. Foto por: Divulgação/CBSk

Modalidade Park – Categoria Feminino
Yndiara Asp
Dora Varella
Isadora Pacheco
Camila Borges

Time Park Feminino. Foto por: Divulgação/CBSk

Modalidade Street – Categoria Masculino
Kelvin Hoefler
Luan de Oliveira
Tiago Lemos
Felipe Gustavo

Time Street Masculino. Foto por: Divulgação/CBSk

Modalidade Street – Categoria Feminino

Leticia Bufoni
Pâmela Rosa
Monica Torres
Gabriela Mazetto

Time Street Feminino. Foto por: Divulgação/CBSk

 

Foto em destaque: Reprodução de vídeo CBSk

 

Redator: Rafael Lardieri, de Santo André

Rafael Lardieri

Rafael Lardieri

56 posts | 0 comments

Comments are closed.