Em jogo ruim, São Paulo perde para a Ponte no Paulista e vê pressão aumentar

Em jogo ruim, São Paulo perde para a Ponte no Paulista e vê pressão aumentar

1
115
0
sábado, 09 fevereiro 2019
Campeonato Paulista Série A1

Por: Felipe Sandre, de São Paulo- SP

Ponte Preta e São Paulo duelaram neste sábado, às 19h (de Brasília), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Paulista. O Tricolor, vindo de derrota diante do Talleres-ARG no confronto de ida da fase Pré-Libertadores da América, precisava dar uma resposta urgente à sua torcida e continuar acreditando numa reviravolta, na quarta-feira que vem, quando os brasileiros receberão os hermanos, no jogo de volta, no estádio do Morumbi.

Sabendo disso, o técnico André Jardine colocou em campo uma equipe bastante modificada, poupando alguns titulares e alternando a posição de outros no time, com o intuito de observar essas alterações. Tentando encontrar alternativas e um novo dinamismo pro meio de campo, Jardine recuou Hernanes que atuou como segundo volante, além de escalar Nenê na armação da equipe. Na ponta direita, o garoto campeão da Copinha, Antony, teve oportunidade e Gonzalo Carneiro entrou como centroavante no lugar de Pablo.

No primeiro tempo, as duas equipes mal produziram. Um jogo truncado no meio de campo e muito fraco tecnicamente, foi a tônica de toda a primeira etapa. Passados 30 minutos, as equipes se soltaram mais e chegaram às chances de gol. Aos 31, a Ponte, depois de cruzamento da direita, encontrou Gerson Magrão que bateu forte. Volpi espalmou para o meio da área, mas Thalles não soube aproveitar e bateu pra fora.

A partir daí, a Ponte cansou e diminuiu o ritmo e o SPFC cresceu. Aos 38, em falta próxima a área, Reinaldo cruzou e Bruno Alves chegou batendo desequilibrado, tirando a bola dos pés de Arboleda, que chegava mais preparado pra concluir a jogada. A bola foi por cima. O SPFC chegou em mais alguns lances na reta final, mas a falta de pontaria e de criatividade, não deixou a equipe do Morumbi abrir o placar nos 45 minutos iniciais.

Jogadores se reúnem no vestiário, antes da partida contra a Ponte Preta, em Campinas. Foto: Rubens Chiri/Saopaulofc.net.

A segunda etapa iniciou com ambas equipes mantendo os times que haviam começado o jogo. Jardine vendo a dificuldade do SPFC em armar as jogadas, adiantou mais Hernanes em relação ao primeiro tempo. Aos 10 minutos, o São Paulo chegou com Reinaldo. Em uma saída errada da zaga da Macaca, ele aproveitou e bateu cruzado de fora da área. A bola passou direto pra linha de fundo.

A mudança de posicionamento de Hernanes, acabou não surtindo muito efeito. Por isso, aos 16 minutos, o “Profeta” foi substituído. Imediatamente, aos 18, foi a vez da Ponte atacar. Em Bola alçada por Luís Ricardo na área e na disputa com Arboleda, Thalles conseguiu cabecear e quase marca o primeiro tento para a  equipe campineira.

As equipes continuaram errando muitos passes e tendo enormes dificuldades de criação. Com lançamentos e escanteios, era a forma que Ponte Preta e São Paulo tentavam incomodar um ao outro. Aos 33, escanteio para a Ponte Preta no primeiro pau, Renan Fonseca desviou levemente a bola, que sobrou limpa para Hugo Cabral. O atacante empurrou para o gol abrindo o placar.

Perdendo o jogo e mesmo sem conseguir ter um bom desempenho, o SPFC se lançou ao ataque e aos 43 teve chance em mais um cruzamento. Reinaldo levantou pra área e a zaga da Ponte furou, mas os atacantes tricolores não conseguiram aproveitar o erro do adversário.  O jogo de baixíssima qualidade técnica, de ambos os lados, acabou por premiar a Ponte, em mais um dos vacilos da zaga Tricolor. Fim de jogo e talvez da paciência do torcedor são-paulino.

FICHA TÉCNICA

Ponte Preta 1X0  São Paulo – Campeonato Paulista

Local: Estádio Moisés Lucarelli – Campinas/SP
Data: 09 de fevereiro de 2019 (sábado)
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes:Danilo Ricardo Simon Manis e Luiz Alberto Andrini Nogueira
Público: 4.652
Renda: R$ 94.130,00

Cartão Amarelo: Arnaldo (Ponte Preta); Hernanes e Reinaldo (SPFC).

Gols: Hugo Cabral, aos 33 minutos do 2º tempo.

 

Escalações:

São Paulo: Tiago Volpi; Araruna, Arboleda, Bruno Alves, Reinaldo; Willian Farias, Hernanes (Igor Vinícius) e Nenê; Antony, Everton (Biro Biro) e Gonzalo Carneiro (Diego Souza). Técnico: André Jardine

Ponte Preta: Ivan; Arnaldo (Luis Ricardo), Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan; Igor Henrique, Nathan, e Matheus Vargas (Tiago Real); Matheus Oliveira, Gerson Magrão e Thalles (Hugo Cabral). Técnico: João Paulo Sanches

Na próxima rodada do Paulistão 2019, o São Paulo tem o clássico contra o Corinthians, domingo, às 19h, na Arena em Itaquera. Já a Ponte Preta, vai a Novo Horizonte, no sábado, enfrentar o time da cidade, às 21h.

Foto em Destaque: Rubens Chiri/Sãopaulofc.net

Felipe Sandre

Felipe Sandre

10 posts | 0 comments

Comments are closed.