Diário de Bordo Poliesportivo: O que eu vivi em 2017

Diário de Bordo Poliesportivo: O que eu vivi em 2017

Like
248
0
terça-feira, 12 dezembro 2017
Outras Modalidades

Está chegando o final do ano. E assim como foi os meus dois últimos anos, 2017 foi repleto de jogos, viagens, e histórias para contar. Mas esse ano foi diferente. Assisti mais jogos, viajei mais vezes e entrei de cabeça em outros esportes, como o basquete e vôlei. Nesta edição do Diário, farei um balanço e uma retrospectiva do que passei em 2017.

Início de ano com rodada dupla no Jayme Cintra

Como em todo começo de ano, a expectativa é para assistir a Copa São Paulo de Futebol Júnior, pelo grande número de jogos e pelos times de outros estados que também disputam o campeonato. Meus dois primeiros jogos foram no dia 07/01, onde peguei o trem da CPTM e fui até Jundiaí para a rodada dupla do dia. No primeiro jogo, o Red Bull Brasil venceu o Vitória da Conquista (BA) por 5×1 e no jogo seguinte, o Paulista venceu o Joinville por 1×0.

Estreia na rádio e no vôlei

No dia 30/01 surgiu o convite para integrar a equipe da Rádio Poliesportiva. E meu primeiro trabalho foi escrever sobre São Bernardo x SESI, pela Superliga Masculina de Vôlei, dia 11/02. Foi a primeira vez que assisti in loco a um jogo de vôlei. O SESI venceu por 3 sets a zero (25-23/25-20/25-19).

Jogo das Estrelas

A fim de conhecer melhor os jogadores do NBB, fui ao Ginásio do Ibirapuera dia 19/03, assistir ao Jogo das Estrelas. Foi um dia incrível, onde tirei fotos com os maiores jogadores do basquete brasileiro (Oscar, Hortência, Paula e Wlamir Marques), e também com os atuais jogadores. No confronto entre NBB Mundo e NBB Brasil, os estrangeiros venceram por 108×96

Seleção Brasileira em Itaquera

Em 28/03, realizei um antigo sonho. Assistir a uma partida da seleção brasileira principal. Brasil x Paraguai se enfrentaram na Arena Corinthians e fui ao jogo junto com Mario e meu Tio Osvaldo. O Brasil venceu por 3×0.

Decisão do NBB

Dia 04/06 fui com a equipe da Poliesportiva até Araraquara, para cobrir o jogo 3 da final do NBB entre Bauru x Paulistano. Era a primeira vez que estava viajando por um jogo de basquete. O Bauru venceu o Paulistano por 90×79 e forçou a quarta partida.

Feriado prolongado em Curitiba

Na minha opinião, a maior aventura que passei em 2017. Na madrugada de 16/06, peguei um ônibus e fui para Curitiba aproveitar o feriado de Corpus Christi. De manhã, peguei um táxi e fui até uma cidade vizinha chamada Colombo (a corrida foi R$60,00). Cheguei no CT do Coritiba e assisti ao confronto entre Coritiba x Andraus, pelo Campeonato Paranaense Sub 19. A partida terminou em 2×2. A imagem que ilustra a edição de hoje eu tirei depois dessa partida.

Mais tarde fui ao Durival Britto assistir Paraná x Figueirense pela Série B do Brasileirão. O Paraná venceu por 1×0. No dia seguinte, Léo, Cris e Ramon chegaram em Curitiba e na manhã de domingo (18), assistimos o empate de 0x0 entre Coritiba e Corinthians. Horas antes do jogo, houve uma confusão entre os torcedores e diversos amigos e familiares mandaram mensagens, preocupados.

Última rodada das Eliminatórias

No dia 10/10, Brasil x Chile se enfrentaram no Allianz Parque, pela última rodada das Eliminatórias. Enquanto o jogo rolava, Mario e eu estávamos atentos as outras partidas. Conforme saiam os gols, a situação na tabela ficava diferente. No final, o Brasil venceu por 3×0 e o Chile ficou fora da Copa.

Final da Liga Paulista de Futsal

Em 22/10, aconteceu a final da Liga Paulista de Futsal entre Magnus x Corinthians, na Arena Sorocaba, e eu fiquei a cargo das reportagens na transmissão. Além de um grande jogo, houve muita confusão dentro e fora de quadra, entre jogadores, comissões técnicas e torcedores. A Guarda Municipal precisou intervir e usou gás de pimenta para conter os ânimos. A transmissão foi interrompida e cheguei  a pensar que não haveria mais jogo. O Magnus venceu no tempo normal por 5×1 e na prorrogação por 4×2, e antes da entrega do troféu, consegui uma entrevista com Falcão.

Despedida com decisão feminina

O ano futebolístico chegou ao fim no último dia 3, com os dois jogos decisivos da Copa Juventus de Futebol Feminino. Na disputa de terceiro lugar, o Centro Olímpico venceu de virada o Vila Guarani por 4×2 e na final, Juventus e Tiger ficaram no 0x0 no tempo normal e nos pênaltis, a equipe juventina venceu por 3×2, para a alegria do Pucci.

Essas foram algumas das histórias que passei durante o ano. Posso dizer que foi o ano mais legal desde que comecei a frequentar todos os tipos de jogos. Quero agradecer a todos da Rádio Poliesportiva, por permitir que eu possa viver histórias como essas, e também a todos vocês que semanalmente acompanham o Diário. Que em 2018 muitas outras boas histórias possam ser escritas aqui. Até lá!

 

Foto: Acervo

 

Redator: Bruno Filandra Lopes, de São Paulo.

Bruno Filandra

Bruno Filandra

78 posts | 0 comments