Daniel Serra consagra temporada perfeita com título da Stock Car 2017

Daniel Serra consagra temporada perfeita com título da Stock Car 2017

Like
213
0
domingo, 10 dezembro 2017
Stock Car

Depois de grande ano, Daniel Serra sagrou-se campeão da Stock Car Brasil 2017 em Interlagos neste domingo (10). Serrinha repetiu o feito de seu pai Chico Serra e entrou para o hall dos grandes pilotos brasileiros a ter no currículo o título da maior categoria do automobilismo nacional. Daniel é apenas o segundo piloto a ser campeão assim como seu pai, feito que até então pertencia unicamente a Marcos Gomes, que havia repetido o feito de Paulão Gomes em 2015. Podendo chegar em quarto sem depender de ninguém para o título, Serra de 33 anos chegou em terceiro e fechou um ano onde já havia conquistado as 24 de Le Mans, consagrando este como o maior de sua carreira.

 

A corrida

15 pontos separavam Daniel Serra e Thiago Camilo na luta pelo título da temporada 2017. Daniel largou forte e chegou a pontear a prova até a parada nos boxes. Enquanto isso, Camilo tinha dificuldades e sofria para galgar posições no pelotão mais distante dos líderes. Daniel Serra passou por momentos de aperto na briga pela ponta que poderiam comprometer sua briga pelo título.

Primeiro, arriscou-se ao ir pra cima de Ricardo Maurício na briga pela ponta. Partiu na liderança até a sua parada, quando perdeu a ponta para Ricardo Maurício novamente. Nos minutos finais da prova, outro momento tenso quando Marcos Gomes foi pra cima e os dois quase se tocaram. Mesmo assim, Daniel Serra fez o suficiente para alcançar a posição que necessitava para ser campeão. A partir daí, foi só festa nos boxes da Eurofarma RC.

Já Thiago Camilo foi valente até o fim, mas não conseguiu ser páreo para Serra e ficou com o vice. Lutou nas posições intermediárias, chegou a liderar a prova na hora das paradas mas quando fez a sua, caiu para décimo segundo. Cruzou apenas na décima quarta posição e não pode durante a prova competir diretamente com Daniel Serra.

Daniel Serra e Ricardo Maurício na briga pela ponta em Interlagos. Foto: Duda Bairros/Vicar

 

Resumo da temporada

O campeonato da Stock começou equilibrado. Daniel Serra, Átila Abreu, Thiago Camilo e Max Wilson ficaram bem próximos durante as primeiras etapas. Em Cascavel, porém, o jogo começou a pender para o lado de Daniel Serra, que naquele GP assumiu a ponta da competição. Thiago Camilo sempre próximo foi o piloto que mais assustou e teve chances de tirar o título de Serrinha.

Foi uma temporada de grandes feitos para a Stock, consolidada agora como a mais importante categoria do automobilismo brasileiro após a triste derrocada da Fórmula Truck. Ganhando novas pistas para fazer companhia aos consagrados circuitos históricos do Brasil, a Stock hoje é um misto de experiência e juventude, tanto por seus circuitos quanto por seus pilotos.

Figuras tarimbadas do automobilismo se fazer presentes no certame. Ao lado de Rubens Barrichello, Antônio Pizzonia, Ricardo Zonta e Cacá Bueno, figuram novas jóias do automobilismo como principalmente, Felipe Fraga. E os históricos circuitos de Interlagos e Tarumã ganham a companhia de Curvelo e o Velo Cittá. Por essas e outras o automobilismo da stock chama cada vez mais a atenção de investidores e a modalidade cresce a cada dia.

Ao fim do campeonato, deu Daniel Serra, que viveu o ano de seu auge. O título veio como consagração de uma temporada que teve até vitória nas 24 horas de Le Mans. Daniel Serra venceu por quatro vezes, mas foi sua regularidade que contou muito para o título. Felipe Fraga que também venceu quatro provas terminou o ano apenas em sexto. As duas provas nos fins de semana consagram justamente quem teve a inteligência de somar mais pontos e ser o mais regular possível.

 

Foto em destaque: Duda Bairros/Vicar

 

 

Redator: Danilo Dias, de São Paulo

Danilo Dias

Danilo Dias

35 posts | 0 comments