Brasil goleia Venezuela e garante classificação antecipada na próxima fase da Copa América Feminina

Brasil goleia Venezuela e garante classificação antecipada na próxima fase da Copa América Feminina

Like
122
0
sexta-feira, 13 abril 2018
Futebol Feminino

Precisamos falar sobre o desempenho da seleção brasileira na Copa América de Futebol Feminino.

Essa é a oitava edição do campeonato, que ocorre entre 4 e 22 de abril no Chile, e se existe um assunto no qual as brasileiras estão batendo um bolão, literalmente, é a Copa América.

Depois de bater a Argentina na estreia e massacrar o Equador por 8 a 0 (sim, oito a zero), a equipe comandada pelo técnico Vadão mostrou mais uma vez que está pronta para faturar mais título de campeã ao golear a Venezuela por 4 a 0 na cidade de Coquimbo na última quarta-feira (11).

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

O Brasil não precisou de mais de dez minutos para abrir o placar. Marta cruzou da direita, Cristiane escorou de cabeça para o meio da área e Mônica apenas colocou a bola para dentro do gol. Bia Zaneratto ainda ampliou quase no finzinho do primeiro tempo.

Na segunda etapa, virou goleada. Debinha fez grande jogada pela esquerda e tocou para Bia Zaneratto, que teve tempo para dominar e com uma verdadeira bomba ampliar o placar. Faltando 5 minutos para o final da partida, a rainha Marta ainda teve tempo de anotar o dela, ao melhor estilo craque: balançou para cima da zagueira e finalizou cruzado. Uma verdadeira obra-prima! Graças à goleira venezuelana o resultado não foi ainda mais elástico.

O Brasil tem 100% de aproveitamento no torneio. Em três partidas tem 15 gols marcados e apenas um sofrido. Com a última vitória, a seleção chega aos nove pontos na liderança do Grupo B, e não pode mais ser ultrapassada por Venezuela e Argentina, segundas colocadas com seis pontos.

A seleção brasileira volta a campo na nessa sexta-feira (13) às 19h (Horário de Brasília), para enfrentar a Bolívia pela última partida da chave precisando de apenas um empate para se manter na primeira colocação. Como a vaga na próxima fase já está garantida o técnico Vadão vai aproveitar o confronto para fazer testes na equipe e dar chance a jogadoras que ainda não foram utilizadas. É provável que Marta e Cristiane sejam poupadas.

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

O campeão e o vice do torneio sul-americano irão garantir lugar direto no Mundial de 2019, na França, enquanto o terceiro disputará uma repescagem contra um representante da Concacaf em busca de outra vaga. Das oito edições da Copa América Feminina, o Brasil faturou seis títulos: 1991, 1995, 1998, 2003, 2010 e 2014 e só não ficou com a taça de campeão em 2006 porque foi surpreendido pela Argentina na grande final.

Além do Brasil, que lidera o grupo B, Chile e Colômbia, seleções do grupo A, já estão classificadas. A última vaga ficará entre Argentina e Venezuela, que também jogam na noite dessa sexta-feira (13).

Jessica Di Risio

Jessica Di Risio

15 posts | 0 comments

Comments are closed.