Atlético Mineiro decepciona, São Paulo, Botafogo, Fluminense e Atlético Paranaense avançam com sofrimento na Copa Sul-Americana

Atlético Mineiro decepciona, São Paulo, Botafogo, Fluminense e Atlético Paranaense avançam com sofrimento na Copa Sul-Americana

Like
149
0
sábado, 12 maio 2018
Copa Sul-Americana

Por: Bruno Mattos, de São Paulo

 

Essa semana não teve Libertadores da América, mas foi movimentada com jogos da Copa Sul-Americana.

Atlético Mineiro 0 x 0 San Lorenzo

Os donos da casa mesmo atuando com um time misto adotaram uma postura ofensiva desde os primeiros minutos da primeira etapa, mas o Galo sofria com a falta de inspiração de seus homens de ataque e paravam também no forte sistema defensivo dos argentinos.

Na etapa final, o desenho do jogo foi semelhante a do primeiro tempo, com o Atlético em cima dos visitantes na busca do gols que dariam a classificação. Mas os Cuervos entraram determinados e conscientes do que precisavam fazer para sair do Independência com a classificação à próxima fase. O Galo pressionou até o fim, mas acabou sendo eliminado da Copa Sul-Americana  pelo time do bairro de Boedo.

 

Jogando com inteligencia, San Lorenzo elimina o Atlético no Horto e chega a próxima fase da Copa Sul-Americana
Foto: San Lorenzo/Facebook

 

 

São Paulo 1 x 0 Rosário Central

Os 45 minutos iniciais foram muito movimentados no Estádio do Morumbi. Os donos da casa tomaram a iniciativa do ataque desde o início e foram pra cima da equipe argentina. O tricolor criou boas oportunidades com atacante Diego Souza e com os meia Petros e Nenê, que perderam chances claras. De fato, isso foi o maior defeito do São Paulo, a conclusão final. Já a equipe Canalla apostava na marcação em linha alta e apostando nos contra-ataques em velocidade e nas bolas paradas, que levaram perigos em alguns momentos.

O São Paulo voltou mais organizado para o segundo tempo, a postura ofensiva permaneceu e o argentinos também continuavam com a mesma estratégia da etapa inicial. Mas os donos da casa saíram na frente aos 17 minutos com o atacante Diego Souza, para festa da torcida tricolor no Morumbi. A parte final do jogo foi muito dramática e tumultuada. O São Paulo acabou terminando o jogo com 9 jogadores em campo, com as expulsões de Cueva e Petros. O Rosário foi para o tudo ou nada no fim de jogo em busca do gol de empate que daria a classificação, porém a equipe argentina parou nos erros de seus atacantes. Com a classificação na raça e suada, o São Paulo passa para a próxima fase da Copa Sul-Americana.

 

Em jogo muito duro e com sofrimento, São Paulo vence com gol de Diego Souza e elimina o Rosário Central da Argentina. Foto: São Paulo FC/Facebook.

 

 

Botafogo 1 x 1 Audax Italiano – CHI

O Botafogo demorou a entrar no jogo na etapa inicial. Desligado no jogo, abusando das ligações diretas, errando muitos passes e com pouca inspiração ofensiva. O time chileno tinha uma estratégia bem clara, de forte marcação em linha alta, jogando nos erros dos donos da casa e com a estratégia de sair em contra-ataque para tentar surpreender o Fogão.

Na etapa complementar, o Botafogo mais ligado no jogo, buscou mais o ataque e saiu mais para o jogo em busca do gol que daria mais tranquilidade. Já os visitantes continuavam acreditando no gol salvador. Mas foi o Botafogo que saiu na frente no Engenhão com o meia Matheus Fernandes. Após o gol, a equipe brasileira se acomodou no jogo e viu o Audax empatar com um golaço de fora da área com Cabrera aos 40 minutos. Os minutos finais foram dramáticos para o Botafogo que via o time chileno desesperado em busca do gol que levaria o confronto para os pênaltis. Mas o Fogão conseguiu mesmo sendo vaiado por seu torcedor a classificação a próxima fase da competição.

Botafogo joga mal, empata em casa contra o modesto time chileno mas consegue classificação a próxima fase.
Foto: Botafogo/Facebook

 

Newells Old Boys 2 x 1 Atlético Paranaense

Os argentinos precisavam de um jogo perfeito para reverter a grande vantagem construída pelo time brasileiro no jogo de ida. Os donos da casa tomaram uma postura ofensiva, pressionando o Atlético e criaram boas oportunidades de gol. Já os comandados de Fernando Diniz entraram desligados no jogo, pouco criaram ofensivamente e viram os argentinos saírem na frente aos 36 minutos com o atacante Leal.

Na etapa final, o Newells foi para o tudo ou nada em busca dos gols que daria a classificação. De tanto pressionar, os leprosos chegaram ao segundo gol novamente com Leal. Os 15 minutos finais foram de muita pressão dos donos da casa pra cima do Furacão, que se defendia e tinha o contra-ataque. Até que aos 39 minutos, Renan Lodi cruzou da esquerda e o meia Nikão fez o gol da classificação atleticana na Cidade de Rosário.

 

Com muito sofrimento, Atlético Paranaese perde, mas avança para a segunda fase da Copa Sul-Americana.
Foto: Conmebol Sudamericana/Facebook

 

 

Nacional Potosi – BOL 2 x 0 Fluminense

O Fluminense atuou com inteligência na primeira etapa administrando a enorme vantagem construída no jogo do Maracanã e se poupando fisicamente devido a altitude de mais de quatro mil metros de Potosí. Já os donos da casa tentavam imprimir velocidade e acelerar o jogo para chegar ao ataque e criar as oportunidades de gol.

Na segunda etapa, os bolivianos mantiveram a postura ofensiva e adiantavam o seu meio campo, mas paravam na falta de qualidade do setor ofensivo. Mesmo com essa deficiência, o Nacional de Potosí saiu na frente aos 5 minutos com Reina. O Fluminense sentiu o primeiro gol e viu os bolivianos chegarem ao segundo gol aos 14 minutos novamente com Reina, desta vez em cobrança de pênalti. O jogo se tornou ataque contra defesa. O Potosí se lançava completamente ao ataque em busca do gol que levaria o confronto para os pênaltis, enquanto que o tricolor carioca apenas se defendia e fazia o tempo passar, pois mesmo com a derrota, os cariocas avançavam de fase. A pressão era intensa e os bolivianos foram para o desespero nos minutos finais. Mas com muita luta e garra, o Fluminense superou a  altitude, o gramado ruim e a logística complicada para chegar a Potosí. Perdeu o jogo mas conseguiu a classificação à próxima fase da competição Sul-Americana.

Time de guerreiros. Com muita superação Fluminense está na segunda fase da Copa Sul-Americana.
Foto: Fluminense FC/Facebook

 

Foto em destaque: Conmebol Sudamericana/Facebook

Bruno Mattos

Bruno Mattos

68 posts | 0 comments

Comments are closed.